A sua dieta é muito restritiva?

A sua dieta é muito restritiva?

Não é segredo que vivemos em uma época cada vez mais focada na saúde. Apesar de que no início restringir certos grupos de alimentos possa levar aos resultados de perda de peso que você procura, na maioria das vezes, dedicar-se a “comer direito” pode fazer com que sua dieta se torne muito exclusiva e cruze linha limite para hábitos nada saudáveis. Mas como você pode diferenciar uma dieta “boa” de uma dieta “ruim”? Para os iniciantes, as dores constantes da fome não são a única indicação de que você está indo para o território perigoso. Abaixo estão 7 sinais de alerta inconfundíveis de que sua dieta está muito extrema.

Você cai no sono na hora do almoço

Se você tem pouca energia e se pega o tempo todo à procura de uma xícara de café ou se é quase incapaz de manter seus olhos abertos durante o dia, isso pode ser um sinal de que você não está comendo o suficiente ou que sua dieta não está te suprindo com os nutrientes adequados. Consumir muito poucas calorias por dia não só diminuirá seus níveis de concentração e te fará ficar lento, como também não irá te dar a energia para incorporar outros hábitos saudáveis ??no seu dia, tais como o exercício por exemplo. Baixos níveis de energia são especialmente prevalentes entre aqueles cujas dietas são muito pobres em carboidratos, ferro e fibras.

 

Seu humor muda constantemente

Todos nós sabemos dos perigos de se estar faminto. Mas, mesmo que você não esteja com fome naquele momento, restringir as calorias a longo prazo pode afetar a química do seu cérebro, que fará com que você se sinta deprimido ou ansioso e até poderia desencadear desejos alimentares. Comer com regularidade e com boa qualidade nutricional manterá seus níveis de serotonina e sua glicemia sob controle. Então, se você se pegar cochilando com frequência enquanto está com amigos e familiares, lembre-se que pode ser por causa do café da manhã ou o almoço que você anda pulando na tentativa de perder peso.

Você não consegue dormir

A gente sabe que petiscar tarde da noite deve ser evitado a qualquer custo, mas isso não significa que você deveria ir dormir de estômago vazio. Talvez você ache que é só o seu estômago reclamando te mantendo acordado, a fome realmente deixa seu cérebro mais ativo e alerta, então você terá mais dificuldade para relaxar. O pior de tudo, quando você não dorme o suficiente, seu metabolismo diminui e os níveis do hormônio grelina aumentam, o que estimula o apetite e faz você acordar e comer mais. O nosso conselho é: tenha um jantar saudável e equilibrado que te satisfaça sem comer demais cerca de 2-3 horas antes de ir dormir.

Você está sempre com fome

Atenção: Se você está sempre com fome, sua dieta não está funcionando para você. Embora seja tentador restringir as calorias para ver resultados rápidos, a verdade é que, se você reduzir muito, vai acabar comendo demais depois.

Você só pensa em comida

Você sempre conta quantas calorias consumiu, ou gasta mais tempo que o suficiente para planejar sua próxima refeição? Isso pode ser um sinal de que você está obsessivo. Uma dieta deve te tornar mais consciente do que você come, e não algo para o que você dedica muita energia mental.

Você cortou por completo um grupo de alimentos

É compreensível você imaginar que cortando toda uma categoria de alimentos pode ajudá-lo a alcançar seus objetivos de perda de peso. Claro, você poderia perder algum peso inicialmente, mas cada grupo de alimentos serve um propósito distinto e é por isso que é importante manter uma dieta equilibrada. Quando você elimina certos grupos de alimentos, você também está abandonando nutrientes críticos, tais como carboidratos complexos para energia e vitaminas B para manter o seu humor sob controle. Sem eles, sua saúde geral sofre.

Sua vida social é afetada

Um plano de perda de peso saudável deve ser sustentável e você pode mantê-lo em quase qualquer circunstância, seja na sua casa ou em um restaurante. Evitar atividades sociais que envolvam comer fora é uma indicação de que sua dieta está muito extrema. Se a sua dieta está tão restritiva que você não pode dar uma escapada ocasional ou se não consegue encontrar algo para comer no cardápio, será difícil mantê-la por muito tempo, e eventualmente ela vai falhar.

A alimentação restritiva não é sustentável e ponto. Em vez de cortar grupos de alimentos e contar calorias, concentre-se em tomar o tempo para conhecer o que seu corpo precisa a longo prazo. Pode parecer difícil de acreditar, mas é absolutamente possível conseguir um equilíbrio. Você só precisa trabalhar nisso. Um estilo de vida sustentável é agradável.